Sample Sidebar Module

This is a sample module published to the sidebar_top position, using the -sidebar module class suffix. There is also a sidebar_bottom position below the menu.

Sample Sidebar Module

This is a sample module published to the sidebar_bottom position, using the -sidebar module class suffix. There is also a sidebar_top position below the search.
Notícias e projetos

livroReclamacoesS

Facebook

Twitter



Aos 13 de Junho de 1986, procedeu-se à inauguração do Novo Lar da Fundação Casa de Trabalho Dr. Oliveira Salazar – Bragança, com a presença das seguintes individualidades: António José Rafael, Bispo de Bragança-Miranda Manuel António Alves Ezequiel Azevedo Calçada José Manuel Fernandes RTP Carlos António Barreira Maria Amélia Carlão Rodrigues || No dia 17 de fevereiro de 1987, visitou esta instituição a Ex.ma Dra Maria de Jesus Simões Barroso Soares, digníssima Esposa de Presidente da República: “É com gosto e interesse em ser útil a esta instituição que me encontro hoje aqui para esta visita, no momento em que, precisamente, Bragança é a capital temporária do país” Maria Barroso Soares || “Foi com muito interesse e admiração que visitei esta instituição e admirei a magnífica obra realizada. Deixo aqui uma palavra de estímulo para a continuação do trabalho em tão boa iniciativa” José Luís Vieira de Castro – Sec. Estado da Seg. Social (1-06-1987) || “Foi com grato prazer que visitei esta instituição e as suas boas instalações. Fazendo votos que esta nova casa permita maior constituição para um futuro mais risonho para estas crianças. Gostaria ainda de deixar um voto de estímulo à Direção desta casa.” Chefe de gabinete de Secretário de Estado da Segurança Social || “É com muito prazer que visitei no Dia Nacional da Segurança Social esta maravilhosa obra de rapazes.” Maria do Rosário (08-05-1988) || “Para esta digna instituição que faz relevante serviço tem prestado ao nosso distrito com um profundo sentido de solidariedade e fraternidade humana. Quero em meu nome e da Câmara Municipal que continuem a aprofundar esta via, construir um espaço de fraternidade e de apoio aos mais carenciados, jovens que muito agradecerão toda a dedicação colocada pelos membros da direção. António Jorge Nunes – Presidente da Câmara Municipal de Bragança – 22-12-1998.

- Parem, parem de rir, parem de ser retrógrados, conservadores e monótonos. Digam-me o porquê de ser assim, vamos falem? Ah agora não falam, não têm argumentos. Digam-me como é que é possível gostarem do Trump, do Bolsonaro, como? Para quê ter uma 3ªGrande Guerra Mundial, vocês não aprendem nem evoluem? Gente!

“Somos todos cadáveres adiados que procriam” lembram-se? Como não se lembram? Ricardo Reis, lembram agora?

Se diferentes somos. Deixem diferentes ser.

Afinal “Ser ou não ser?” Será esta a questão? Será?

Ou será deixar de ser a questão.

Venham as preocupações climáticas?

Devemos ensinar, orientar e estar atentos desde pequeninos!

Educar!

Quando vocês não fazem nada, nem para ter um jardim arranjado, o lixo separado, saber cuidar e amar o outro, para tudo basta pedir aos paizinhos. Que horror trabalhar e partir uma unha.

Vamos lutar!

Lutem…

Boom…

O que vocês fazem aqui? Nada.

Enquanto que, se vocês fizessem algo pela História da Humanidade e o meio ambiente, mas:

Nada!

 

transferir